TCU gasta quase R$ 500 mil com manutenção e limpeza de jardins

em Orçamento | 15.01.2017

Manter o alto padrão dos Tribunais brasileiros não é pra qualquer um. O Tribunal de Contas da União (TCU), por exemplo, vai destinar ainda R$ 468,1 mil para prestação de serviços continuados de manutenção e limpeza de jardins e espelhos d'água, inclusive os vasos com plantas ornamentais e plantas aquáticas, nas dependências do Tribunal em Brasília.

O TCU reservou também R$ 763,8 mil para a prestação dos serviços de operação e manutenção preventiva e corretiva para o sistema de climatização tipo VRF (Variable Refrigerant Flow) instalado nos edifícios anexos I, II e III. O valor também inclui a operação e manutenção preventiva e corretiva do sistema de climatização tipo chiller de água gelada instalado no edifício sede do TCU. Os recursos incluem a mão de obra, emprego de ferramentas, gás refrigerante e materiais de consumo.

Presidência

A Presidência da República reservou R$ 1,5 mil para reparos em equipamento de uso médico. Os serviços são para manutenção preventiva e corretiva em monitores, cardioversores, desfibriladores semi-automáticos e manuais, equipados com bateria, impressora térmica de 100mm, oximetria de pulso (SPO2), marcapasso externo e capnografia, marca Meditronic Prysio Control, modelo Lifepak 12.

Serviços de manutenção

Muitos serviços foram garantidos neste começo de ano. A Câmara dos Deputados reservou R$ 33,3 mil para a prestação de serviços de manutenção preventiva e corretiva e assistência técnica em esteiras rolantes, com fornecimento de peças. O pedido foi realizado pelo Departamento de Tecnologia da Casa.

A Câmara também empenhou R$ 35,9 mil para o fornecimento de material, ferramentas e equipamento para serviços de manutenção corretiva de sistemas de ar condicionado e de exaustão mecânica para a Casa.

O Senado Federal, por sua vez, reservou R$ 87,6 mil para a contratação de empresa para a prestação de serviços de publicação de anúncios de interesse da Casa em jornais de grande circulação em todo o território nacional. O Supremo Tribunal Federal não ficou atrás e empenhou R$ 100 mil para a prestação de serviços de apoio administrativo nas áreas de marcenaria e revestimentos de interiores.

Incêndios

O Senado Federal reservou R$ 619,1 mil para serviços de prevenção combate a incêndio. No valor estão incluídos bombeiros civis de nível básico combatente, bombeiro civil líder e bombeiro civil mestre. Os brigadistas trabalham no período noturno e diurno.