Presidência gasta R$ 404,2 mil com recepção

em Orçamento | 10.09.2017

Os custos para recepcionar visitantes, funcionários, fornecedores e público em geral na entrada dos órgãos não é baixo. A Presidência da República, por exemplo, reservou R$ 404,2 mil para a prestação de serviços de apoio administrativo. O valor será destinado a serviços de recepção e atendimento ao público. Ao todo, são 12 recepcionistas e um encarregado-geral para realizar o trabalho.

Limpeza de banheiros

A Câmara dos Deputados reservou R$ 10,3 mil para a prestação de serviços de desodorização de banheiros e mictórios, com instalação e manutenção de odorizadores de spray automáticos e de odorizadores de mictórios de dispersão por gravidade. O valor vai atender dois meses de despesas (4 de setembro a 31 de dezembro).

No Senado...

O Senado Federal, por sua vez, empenhou R$ 22,4 mil para compra de seis mil copos de vidro da marca Cisper. A Casa ainda reservou R$ 146 mil para a compra de 200 cadeiras fixas.

Conservação de jardins

A Secretaria do Superior Tribunal de Justiça (STJ) reservou R$ 31,6 mil para a contratação de serviços de manutenção e conservação de áreas ajardinadas, arborizadas e não urbanizadas da Corte e de áreas externas sob sua responsabilidade. O montante prevê o fornecimento de mão-de-obra, ferramentas, equipamentos, materiais de consumo, bem como fornecimento de insumos de jardinagem, plantas ornamentais e mudas de forração. Ao todo, o contrato com a empresa Terra Viva Serviços De Jardinagem tem valor de R$ 750,7 mil por um ano de serviços.

Urnas

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) reservou R$ 8,1 milhões para prestação de serviços de manutenção corretiva de urnas eletrônicas da Justiça. De acordo com o detalhamento do empenho, estão incluídas no contrato 35 mil urnas eletrônicas no modelo 2011. O valor total do contrato para período de 13 de setembro de 2017 a 13 de maio de 2019 é de R$ 45,2 milhões.

Segurança armada

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) reservou R$ 835,2 mil para despesas com a prestação de serviços de segurança armada no período de 16 de novembro a 31 de dezembro deste ano. Ao todo, são 42 postos de trabalho para vigilância armada no período diurno e noturno.